voltar

Histórico da aviaçao agrícola

Evolução dos aviões agrícolas

O Inventor e a Primeira Empresa Aplicadora

Em 1911, mais precisamente em 29 de Março, o Agente Florestal Alemão Alfred Zimmermann recebeu o "Diploma de Inventor da Aviação Agrícola" pelos trabalhos de aplicação aérea sobre florestas pulverizando Cal para controle de lagartas.
Em 1921, Neillie & Houser polvilharam Arseniato de Chumbo em florestas para controle de lagartas no Estado de Ohio, EUA.
Em 1922 - Primeiro Vôo Agrícola na Cultura do algodão - Luisiana - EUA.


Curtiss JN4 Jenny – 1922

 

Em 1923 foi criada a primeira empresa aérea aplicadora de defensivos agrícolas: Huff - Daland Dusters Incorporate, EUA.

Décadas de 20 e 40

Nas décadas de 20 e 40 nada foi feito para o aperfeiçoamento das aeronaves agrícolas. Os equipamentos de aplicação eram tambores e mangueiras bastante rústicos instalados nos aviões. Nessa época predominavam os biplanos de treinamento militar, de grande manobrabilidade, grande capacidade de carga e fácil manutenção.
Após a década de 40, mais precisamente após a Segunda Grande Guerra Mundial, aconteceu a explosão da aviação agrícola nos EUA, quando começou acontecer o aperfeiçoamento dos equipamentos de aplicação, primeiramente devido ao grande desenvolvimento da agricultura e as necessidades do controle fitossanitário e também pelos problemas de infestação de gafanhotos, malária e incêndio florestais. Nessa época eram utilizados os aviões Stearman e Piper J3. Muitos pilotos da aviação de caça, depois da guerra, tornaram-se pilotos agrícolas.


Piper J3 C65 - 1946


Stearman 75 Kaydet

Após a 2a Guerra Mundial cerca de 4.000 unidades do Stearman foram convertidas para trabalho agrícola.


Stearman PT-17


"(...) nos anos 50 (...) voávamos em Stearmans de cockpit aberto, sem indicadores de velocidade, e com uma placa de plástico, plana, de 4 polegadas, a servir de para-brisas. Desenvolvíamos forte musculação no pescoço segurando a cabeça contra o vento."
(Jim Newman, referindo-se ao trabalho de crop-dusting)

 

AG1 - O Primeiro Avião Agrícola

Graças ao avião agrícola AG-1, concebido no início dos anos 50 por Fred Weick e a sua equipe de pesquisa na Texas A&M, uma nova gama de aviões para aplicações aéreas foi disponibilizada no final dos anos 50 pela Piper, Grumman e Snow.


AG-1


Protótipo AG-1, nas fotos abaixo, foi a primeira aeronave projetada e construída para a aplicação aérea, com todos os requisitos de eficiência e segurança. Este projeto serviu de base para todos os projetos de aeronaves comerciais. O primeiro vôo foi realizado no dia 1o de Dezembro de 1950, na Texas A&M University, EUA.

 


AG-1

 


AG-1


A Transland Aircraft (USA), divisão da Hi-Shear Rivet Tool Company, fabricante, desde o início dos anos 50, de equipamentos para a aviação agrícola construíu em 1953 o AG-1, seguido em 1956 do AG-2 utilizando componentes do Vultee BT-B (da Stinson).


AG-2


Após a década de 50, muitos fabricantes surgiram construindo milhares de aviões agrícolas de todos os tipos e modelos. Por exemplo, o Grummam "Ag-Cat", começou a ser fabricado em 1958 e entre os anos de 1959 e 1993, foram fabricados 2.646 aeronaves agrícolas Ag-Cat.


Ag-Cat


O grande sucesso dos Piper J3 e dos Piper Cub, utilizados como aplicadores de agroquímicos após a Segunda Guerra, impulsionaram a fabricação dos Piper Pawnee PA-25. Entre os anos de 1957 e 1972 mais de 4.400 equipamentos foram fabricados. Após o sucesso do PA-25, desenvolveram o modelo Brave PA-36, que somente no ano de 1981 foram comercializados mais de 1.000 aeronaves.


Piper Cub

 


Piper Cub



Pawnee PA-25

 


Pawnee PA-36 Brave

 

O Avião Agrícola Snow

Leland Snow em 1951 começou a desenvolver o avião agrícola S-1. Os primeiros testes de vôo aconteceram em 1953, e a sua produção desenvolveu-se em Harlingen.


Leland Snow


O S-1 desenvolveu trabalhos de aplicação no Texas até 1957, depois foram desenvolvidos os modelos S-2 e S-2B produzidos em Olney no Texas.


Snow S-1

 


Snow S2-A

 


Snow S2-B


Mais de 2.000 Snow foram fabricados e em 1965 Leland Snow vendeu sua companhia para a empresa Rockwell. Como Vice-Presidente da divisão Aero-Comander da Rockwell desenvolveu o S-2R que posteriormente foi rebatizado de Thrush.
Leland Snow demitiu-se da Rockwell em 1970. Em 1972 começou a produzir o modelo Air Tractor 300, desenhado e desenvolvido por ele nos dois anos anteriores. Em 1977 começou a ser produzido o primeiro Air Tractor turbinado designado AT-302.
Atualmente, os modelos Air Tractor e Aryes Thrush são considerados as mais completas e avançadas aeronaves agrícolas, desenvolvendo aplicações de agroquímicos em todo o mundo.


Air Tractor 802 (1.300 hp)

 


Aryes 660 Thrush (1.230 hp)

 

Aviação Agrícola nos E.U.A.

Atualmente, no mundo existem aproximadamente 24.000 aeronaves agrícolas, sendo que a sua maior parte opera nos E.U.A. e Russia.
Aproximadamente 375 novas aeronaves agrícolas são produzidas por ano nos E.U.A.e aproximadamente 300.000.000 de acres são aplicados pela aviação agrícola.

Mais que 65% de todo o agroquímico utilizado na proteção de culturas nos E.U.A. é aplicado com aeronaves agrícolas. Em toda a nação, existem aproximadamente 8.000 aeronaves dedicadas ao uso agrícola. Helicópteros agrícolas representam 9% do total dos vôos.

 



Material de apoio
Estudo diversificado